top of page

Segundo dia da Intersolar South America e seus destaques

Canal Solar está presente no evento e traz algumas das tecnologias apresentadas na feira


Após um primeiro dia repleto de novidades e com grande presença de público, a Intersolar South America 2023 chegou nesta quarta-feira (30) para o seu segundo dia de exposições.


Imagem: Divulgação


A equipe do Canal Solar está presente, desde as primeiras horas da manhã, no local para mostrar quais são as principais tecnologias expostas.


Confira abaixo alguns dos destaques do segundo dia e não deixe também de ficar ligado nas nossas redes sociais e YouTube para não perder nenhum conteúdo.


ARaymond – A empresa trouxe em seu estande soluções em armazenamento de energia e procurou estreitar relações com parceiros que atendem aos mais diversos segmentos, desde o mercado de geração distribuída até geração centralizada.


“Cada vez mais as grandes baterias precisam de resfriamento e temos soluções hoje já utilizadas na China, que é um mercado de liderança neste segmento”, comentou Alexander Pircher, CEO da empresa no Brasil.


Canadian – A Canadian apresentou ao mercado brasileiro diversos lançamentos, incluindo módulos fotovoltaicos, inversores para os segmentos de geração distribuída e centralizada, além de sua nova unidade de negócios de storage.


A principal novidade entre os lançamentos de módulos solares foram as tecnologias de células fotovoltaicas N-Type e TOPCon, que combinadas são potentes quando aplicadas a módulos bifaciais. Os módulos fotovoltaicos em destaque foram:


TOPBiHiKu6 ++, um módulo bifacial N-Type TopCon de alta potência e com potências de 585 W até 610 W e eficiência de até 22,6%;

TOPBiHiKU7, um módulo bifacial N-Type TopCon de alta potência e com foco em utility scale por conta da bifacialidade, alta geração de energia e células de 210mm, com potências de 675 W até 705 W e eficiência de até 22,7;

TOPHiku6 ++, um módulo mono N-Type TopCon, com potências de 590 W até 615 W e eficiência de até 22,8%;

TOPBiHiKu6, um módulo bifacial de alta potência e células duplas com potências de 555 W até 575 W e eficiência de até 22,3%.


“Os dois novos módulos da série ++ trazem a alta potência dos já conhecidos módulos Canadian no formato 182mm. Esses módulos são adequados para qualquer cenário e trazem uma geração elevada em um formato mais versátil”, destacou a empresa.


Intelbras – A Intelbras apresentou mais de quinze lançamentos de sua unidade de energia solar, nos segmentos on e off grid, além de seu portfólio de carregadores para veículos elétricos.


Um dos destaques foi o módulo fotovoltaico EMST 660B SG, que é monocristalino, bifacial e shingled.


Livoltek – A Livoltek anunciou a construção de uma fábrica nacional de inversores fotovoltaicos na Intersolar. Com investimentos de R$ 70 milhões, a fábrica, prevista para ser inaugurada em Manaus (AM) ainda este ano, será o centro da produção de uma variedade de produtos da empresa, que incluirá inversores monofásicos e trifásicos, cobrindo até 25 kW.


Esta gama abrangerá tanto os modelos tradicionais quanto os de baixa tensão, oferecendo flexibilidade e eficiência em soluções de energia solar.


A planta tem uma área fabril de 18 mil metros quadrados e foi inicialmente projetada para produzir até 1,8 GW em inversores fotovoltaicos ao ano, além de carregadores veiculares e string boxes.


A capacidade produtiva pode ser escalada para até 4 GW, refletindo o compromisso contínuo da empresa em promover a adoção sustentável da energia solar.


“A Livoltek reconhece que a fabricação local tem o potencial de minimizar a pegada de carbono global e a oportunidade de aproveitar uma fábrica quase pronta para acelerar o início das operações”, afirmou Rui Cheng, CEO da Livoltek Power Brasil.


Solis – A empresa apresentou sua melhor oferta dos produtos mais inovadores de última geração, que apoiam o avanço da indústria solar no Brasil. Um dos equipamentos lançados é a série S6-GR1P (2.5-6) K-S, projetada para instalações fotovoltaicas residenciais.


A corrente máxima de entrada por cadeia de células solares é de 16A, compatível com módulos de alta eficiência e módulos bifaciais.


O nível de proteção é aumentado para IP66. Uma variedade de funções de proteção inteligentes que torna a alimentação elétrica doméstica segura e protegida.


TSUN – A Tsun lançou na edição deste ano a sua linha de microinversores de 300W a 3000W, com destaque para sua mais recente inovação: o Gen3 Plus MS2000.


Com uma entrada de corrente de 16A e uma potência de saída de 2000W, a tecnologia atende às necessidades dos modernos painéis solares, preparando o terreno para a geração ideal de energia.


A capacidade de se conectar a até quatro painéis simultaneamente agiliza a instalação, reduz os custos de instalação e aprimora a experiência geral com a energia solar, segundo a empresa.


Utilizando a tecnologia MPPT, o Gen3 Plus MS2000 atinge um pico de eficiência surpreendente de 96,7%, garantindo que os proprietários tirem bom proveito de suas instalações solares.


“O mercado fotovoltaico no Brasil tem experimentado um rápido crescimento devido a incentivos e políticas favoráveis, resultando em uma capacidade fotovoltaica de alto crescimento e forte demanda.


Como o mercado fotovoltaico mais promissor da América Latina, a TSUN dedicou atenção a esse mercado”, disse Victor Curi, diretor de Latam da Tsun.


Fonte: Canal Solar

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page