top of page

Projeto de P&D quer criar método de inserção de baterias no SIN

Da transmissora Quantum, e com apoio de várias entidades e empresas, entre elas a EPE, ideia é subsidiar planejamento do SIN e aproveitar geração das renováveis.

A Quantum Participações, empresa de transmissão de energia, iniciou um projeto de P&D Aneel para desenvolver método de análise técnico-econômica para inserção de sistemas de armazenamento por baterias na rede básica de energia.


Imagem: Divulgação


A pesquisa envolve a FDTE - Fundação para Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia da USP, a PSR Consultoria, a Weg, além da consultoria MRTS e o Instituto de Pesquisas Lactec.


A meta do projeto é entregar à EPE – Empresa de Pesquisa Energética uma nova metodologia para subsidiar o planejamento da expansão do SIN – Sistema Interligado Nacional.


Além disso, segundo a Quantum, ao estabelecer o caminho técnico-econômico para inserir as baterias na rede básica, o ONS – Operador Nacional do Sistema Elétrico também passará a ter um ativo adicional na operação do SIN com potencial para trazer flexibilidade ao sistema de transmissão do País.


Aliás, a EPE também faz parte do projeto, por meio de acordo de cooperação técnica com a Quantum.


A expectativa com a possibilidade de inserir as baterias no SIN, segundo os envolvidos na pesquisa, é aproveitar melhor a geração eólica e solar e aliviar o congestionamento da rede de transmissão.


Além disso, a tecnologia permite melhor controle de tensão e frequência, com recomposição quase instantânea de sistemas em caso de desligamentos.


A prévia do projeto já foi apresentada em evento no dia 14 de agosto, que contou com a participação de agentes do setor, entre eles representantes da Aneel.


O trabalho de pesquisa conjunta envolverá, entre outras linhas de estudo, simulações em softwares para dimensionar a potência e a autonomia dos equipamentos que melhor atendam o SIN e para identificar a quantidade de ciclos de carga e descarga para avaliar a vida útil esperada do ativo.


Fonte: Fotovolt


Commenti

Valutazione 0 stelle su 5.
Non ci sono ancora valutazioni

Aggiungi una valutazione
bottom of page