top of page

Portuguesa Galp inicia atuação em solar no Brasil comprando 594 MWp

Empresa de soluções energéticas quer aumentar participação de renováveis em seu portfólio.


A Galp anunciou nesta quarta, 20 de outubro, que assinou contratos de aquisição e desenvolvimento de projetos solares no Brasil com capacidade total de 594 MWp.


Foto: Divulgação


A operação envolve dois projetos solares em desenvolvimento nos estados da Bahia e do Rio Grande do Norte, com capacidades de 282 MWp e 312 MWp, respectivamente.


Segundo a nota divulgada pela empresa, com estas transações a Galp “ganha acesso a ativos de elevada qualidade num país onde a empresa está presente há mais de 20 anos .


E que se encontra entre os 10 principais países no mundo com maior procura de energia e com a ambição de duplicar a sua capacidade instalada atual de geração de energia solar e eólica para 40 GW em 2030.”


Foto: Divulgação


Os projetos deverão entrar em operação comercial antes de 2025.


Ainda segundo a nota, a aquisição insere-se na estratégia da empresa de expansão em energias renováveis, com transformação do seu perfil de negócio e redução da sua pegada de carbono.



“A estratégia da Galp visa o crescimento de um portfólio competitivo de geração renovável bem como prosperar ao longo da transição energética”.


Com esta expansão de portfólio, a capacidade total de produção de energia renovável da Galp aumenta para 4,7 GW.


Foto: Jose Manuel Ribeiro / REUTERS


Em empreendimentos localizados em Portugal, Espanha e agora Brasil, o que representa mais um passo na ambição da empresa de ter mais 4 GW em operação até 2025 e 12 GW até 2030.



A Galp fornece soluções energéticas e de mobilidade para grandes indústrias, pequenas e médias empresas e consumidores individuais.


Foto: Divulgação


Que incluem eletricidade produzida com fontes renováveis e combustíveis fósseis, atuando ainda na extração de petróleo e gás natural em águas profundas.



A empresa figura entre os principais produtores de energia elétrica de base solar na Península Ibérica e atua em 10 países do mundo.


Fonte: Fotovolt

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page