top of page

Intelbras instala solar com baterias para Energisa na Amazônia

Ação do “Mais Luz para a Amazônia” já atendeu 1.368 unidades consumidoras isoladas no Acre.

A Intelbras está levando soluções off-grid de energia solar para a população do Acre, em sua maioria ribeirinhas, indígenas e quilombolas, em ação realizada pela Energisa, por meio do programa do Governo Federal “Mais Luz para a Amazônia”.


Imagem: Divulgação


Um total de 1.368 unidades consumidoras já foram atendidas em 10 municípios, beneficiando mais de 30 comunidades.


A ação também visa à substituição de pequenos geradores de energia elétrica a diesel ou gasolina, que hoje são a única fonte de energia elétrica de algumas famílias que vivem nessas regiões.


A Intelbras é a executora do projeto da Energisa, empresa responsável pela distribuição de energia elétrica na região.


A finalidade é melhorar o fornecimento de energia solar à população residente em áreas remotas da Amazônia Legal, não atendidas pela rede de distribuição elétrica.


No total, foram instalados no projeto mais de 3.800 módulos fotovoltaicos, mais de 2.600 baterias e 1368 inversores e controladores de carga.


A One Engenharia, parceira certificada da Intelbras, realizou a instalação dos sistemas e ficará responsável pela manutenção dos equipamentos pelo período de quatro anos.


Cerca de 1 milhão de brasileiros que vivem na Amazônia Legal ainda não contam com energia elétrica.


Os “sem luz” são 19% da população que vive em terras indígenas, 22% dos que residem em unidades de conservação e 10% dos assentados rurais.


A energia elétrica favorece o desenvolvimento dessas regiões, tornando possível a construção de postos de saúde (que poderão armazenar vacinas e medicamentos), escolas e outros estabelecimentos.


Além disso, permite que as pessoas realizem a correta armazenagem de alimentos e possibilita acesso a lazer, educação e até geração de renda.


As unidades consumidoras atendidas pela Intelbras e Energisa no Acre seguem relação preparada pela distribuidora de energia e acordo realizado com o Ministério de Minas e Energia.


Lançado em fevereiro de 2020, o programa “Mais Luz para a Amazônia” tem o objetivo de levar energia limpa e renovável a 70 mil famílias que vivem em áreas remotas da Amazônia Legal.


Fonte: Fotovolt



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page