top of page

Geração distribuída ultrapassa marca de 15 GW puxada pela fonte solar

Com recordes de crescimento mensal, modalidade tem usinas solares como principais impulsionadores, com 14,8 GW do total.

Com ritmo acelerado de crescimento no último ano, principalmente por conta do desempenho da fonte solar fotovoltaica, o Brasil ultrapassou a marca de 15 GW de capacidade instalada de geração distribuída no dia 7 de novembro.


Imagem: Divulgação


As usinas solares respondem por 14,8 GW do total instalado de GD, que ainda tem outras fontes na modalidade, como biomassa, biogás, CGHs e cogeração a gás natural.


Para o presidente da ABGD - Associação Brasileira de Geração Distribuída, Guilherme Chrispim, o crescimento da GD, que já vem de um histórico de rapidez, se consolidou em 2022 como uma alternativa acessível para geração de energia limpa, com destaque a solar, impulsionada pelo novo marco legal do setor.


“Prova disso é que temos batido novos recordes quase que mensalmente. Para chegar aos 14 GW, em outubro passado, foram necessários 38 dias, o que foi um recorde para o setor.


Agora, para os 15 GW, foram necessários somente 25 dias, batendo com folga o recorde alcançado no último mês”, disse o dirigente.


A GD ajudou a colocar a fonte solar na terceira posição da matriz elétrica nacional, atrás de hidrelétricas e eólicas, com potência total de 21,6 GW, sendo 6,8 GW de usinas centralizadas, ou seja, dois terços da capacidade total são provenientes de projetos de geração própria de energia em telhados, terrenos e fazendas solares de até 5 MW.


Até o final do ano, segundo a ABGD, a expectativa é de que a geração distribuída acrescente mais 1,5 GW de capacidade na fonte solar, levando-a para o segundo lugar na matriz.


Projetos de geração distribuída, de acordo com a associação, também crescem a partir do biogás ou da biomassa, especialmente no interior do Brasil.


Entre os mais de 1,8 milhão de consumidores beneficiados, a maioria (47,9%) dos projetos são do grupo residencial, seguido pelo consumo comercial (29,6%), rural (14,2%) e industrial (7%).


De acordo com a ABGD, com os atuais 15 GW de potência instalada, a geração distribuída tem capacidade suficiente para abastecer aproximadamente 7,5 milhões de residências, ou 30 milhões de pessoas.


Fonte: Fotovolt

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page