top of page

Furnas contrata energia solar no mercado livre

Empresa fez seu primeiro leilão para compra de energia incentivada e 15 projetos vencedores foram de solar FV.

Em seu primeiro leilão de compra de energia de longo prazo incentivada, eólica e solar, no mercado livre, Furnas contratou em 12 de novembro a geração de 15 usinas solares, por um prazo de 15 anos e comercialização a partir de 2024.


Imagem: Divulgação


O volume contratado e o nome das usinas não foram revelados pela empresa do grupo Eletrobras.


Os empreendimentos se localizam na Bahia, Piauí, Ceará e Paraíba, e somam um 1 GW de potência instalada.


O investimento estimado pelas empresas responsáveis pelos ativos é de cerca de R$ 4,1 bilhões, segundo Furnas. A meta da empresa com o leilão é ampliar sua carteira de energia renovável e incentivada para comercialização no mercado livre.


Os geradores interessados em vender energia para Furnas fizeram ofertas para quatro produtos: duas entregas de energia eólica e duas de solar nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Nordeste de 2024 a 2038.


Participaram do leilão Sociedades de Propósitos Específicos (SPEs), subsidiárias integrais e consórcios.


Além da compra de energia no mercado livre, outra linha de atuação de Furnas em geração solar envolve investimentos próprios em usinas.


A empresa informou na semana passada que até o fim do ano colocará em operação sua quarta usina fotovoltaica, com potência de 500 kWp, em área da UTE Campos, no Rio de Janeiro.


As outras três ficam na área da PCH Anta, no rio Paraíba do Sul, entre Minas Gerais e Rio de Janeiro, e têm potência de 1,2 MWp cada.


A empresa também está fazendo estudos para implementar outras UFVs, em espelhos d´água de reservatórios e em terrenos: nas hidrelétricas de Estreito (MG/SP), Batalha (MG/GO) e Marimbondo (MG/SP), e em Corumbá I (GO). A previsão é de que esse projeto agregue potência de 180 MWp.


Fonte: Fotovolt


コメント

5つ星のうち0と評価されています。
まだ評価がありません

評価を追加
bottom of page