top of page

Europa desenvolve barreira de ruído com geração solar

Projeto reúne pesquisadores da Bélgica, Holanda e Alemanha e visa principalmente sistemas para estradas


Um consórcio de empresas e institutos de pesquisa da Bélgica, Holanda e Alemanha está pesquisando maneiras de integrar sistemas fotovoltaicos na infraestrutura de barreiras de ruído de estradas.


Imagem: Divulgação


Batizado de Rolling Solar, o projeto faz parte do programa Interreg Euregio Meuse-Reno, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e pelo Ministério holandês de Assuntos Econômicos e Clima.



Para investigar as soluções, os pesquisadores estão construindo duas instalações de teste com vários tipos de módulos de células solares em Genk, na Bélgica, e Rosmalen, na Holanda.


Imagem: Divulgação


Na primeira cidade está sendo erguida uma barreira de ruído de 13 metros de largura e 5 metros de altura, que contorna o campus da universidade local. Em parte da parede de concreto já concluída estão sendo montados quadros de módulos de células solares PERC de silício cristalino e de filme fino e em outras partes colados diretamente módulos de filme fino CIGS.



Embora a barreira de ruído em Genk ainda esteja em construção, as medições da parte já operacional foram iniciadas. Os dados sobre o rendimento da energia estão alimentando um sistema de análise.


Imagem: Divulgação


As instalações usam os otimizadores de energia da SolarEdge, com os quais os módulos de células solares são equipados como fonte. Segundo os envolvidos no projeto, as informações coletadas têm indicado que tudo está funcionando corretamente.



O apoio público ao projeto tem a ver com o futuro promissor das barreiras sonoras como fonte de geração renovável, principalmente em países como a Bélgica, onde há limitação de espaço para a construção de fazendas solares.


Imagem: Divulgação


Nesse país, onde as estradas muitas vezes cruzam as cidades, as barreiras são construídas em um ângulo de 90 graus e a absorção de som é muitas vezes obrigatória. Daí a necessidade do projeto de colocar como prioritárias no projeto as metas de isolamento acústico exigidas pelas normas europeias.


Em Rosmalen, na Holanda, a barreira de ruído integrada com geração FV foi criada em uma ação que envolveu as empresas Soltech, Sanko Solar, Solliance e TNO EnergyTransition.



A configuração da barreira em teste tem 12 metros de largura e um metro de altura, disposta em cinco modelos iguais, nos quais módulos de células solares diferentes foram incorporados para a avaliação do comportamento do sistema.


Fonte: Fotovolt

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page