Buscar

Energia solar: a economia que agrega valor aos imóveis


Estudo do mercado imobiliário mostra que painéis Solares estão entre os recursos mais procurados por consumidores na hora de escolher um imóvel, um novo hábito que vem revolucionando o mercado imobiliário.


Uma nova pesquisa, patrocinada pelo departamento de energia (dos Estados Unidos), mostra que os compradores estão dispostos a pagar mais por residências com painéis solares no telhado uma descoberta que pode fortalecer a questão de levar em conta o valor de recursos sustentáveis na apreciação de casas.



O estudo, conduzido pelo Laboratório Nacional Lawrence Berkeley, na Califórnia, analisou dados das vendas de quase 23.000 casas em oito estados, cerca de 4.000 das casas tinham sistemas solares fotovoltaicos, todos eles próprios.


Os pesquisadores descobriram que compradores estavam dispostos a pagar adicionais 15.000 dólares por uma casa com um sistema fotovoltaico de tamanho médio (potência de 3.6 KW, quilowatts), quando comparada a uma casa similar sem um sistema.


Mais proprietários tem instalado esses sistemas na medida em que o preço da tecnologia fotovoltaica vem caindo durante a última década.


Agentes do mercado imobiliário, avaliadores e credores tentam ainda acompanhar a tecnologia, juntamente com outros recursos de economia de energia, em relação ao cálculo de seus efeitos sobre os preços dos imóveis, ou ausência deles, em qualquer mercado.


A Fannie Mae (empresa do mercado de hipoteca dos EUA, oficialmente conhecida como Federal National Mortgage Association) já reconheceu a crescente proliferação da solar.


Em dezembro, a instituição, patrocinada pelo governo, emitiu um guia especificando que, se uma casa tem um sistema solar próprio, o avaliador deve analisar o sistema e considerar o valor para agregado o valor ao imóvel.


Gostou do assunto? Tem mais dúvidas sobre energia solar? Cadastre-se grátis na Energia Solar Shop e esteja sempre por dentro de todos os nossos conteúdos exclusivos.
0 comentário